sexta-feira, 22 de junho de 2018

É bom quando você tem alguém que te escuta...


Mas é ainda melhor
 quando entendem além de suas palavras... 
Compreendem também o seu silêncio.

Layde Lopes.

Ainda que meu sorriso não seja contínuo.

Que a alegria hoje 
não esteja presente dentro de mim.


A minha esperança permanece 
desejando dias melhores.
Eles virão com certeza!

Denise França

Com o tempo você aprende a manter as coisas dentro...

Não porque você tem um caráter fechado, 
mas porque muitas vezes explicar é inútil.


No final, as pessoas que realmente te entendem
são aquelas que não precisas explicar.

Antonio Curnetta

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Chorei.


 Chorei porque aparentemente não havia uma solução.
 Chorei porque eu era a única pessoa
 que poderia fazer alguma coisa, mas, não pude.
 Chorei porque eu estava com tanta saudade
 que não sabia onde eu estava. 
Chorei porque nenhum porre desse mundo 
poderia me impedir de chorar. 
[...]
 Chorei porque era tudo que eu poderia fazer,
 chorar como uma criança desesperada. 
Chorei pelo cansaço, pelas dores nas costas, 
pela falta de alimento no estômago,
 chorei porque acreditava em tudo, 
e hoje já não havia mais nada para acreditar. 


Orquestrando

Eu podia te desejar fardos mais leves...

E os desejo, acredite!


 Porque sei como doem, sei como nos esmagam. 
Eu podia te desejar unicamente paz. 
Podia te desejar dias sem lutas.
 Queria ter o poder de te curar num sopro.
 Mas assim crescerias? Assim seria o melhor pra ti? 
E observando o mundo e entendendo que
 provações não podem ser de todo evitadas. 
Te desejo coragem! 
A coragem dos cheios de fé,
 que creem que Deus os faz vencedores... 
Dos apaixonados, que acham sinceramente 
que todo sacrifício vale à pena
 para estar junto do ser amado... 
Dos inocentes, que embora em meio ao caos,
 encontram razões suficientemente fortes 
para prosseguir sorrindo ainda! 
Eu podia te desejar tanta coisa boa...
 Mas com essa coragem no peito pra quê mais?
 Com ela se tem tudo! E é tudo que te desejo! 
Porque é tudo que quero pra mim.

Gi Stadnicki

Os dias tem sido difíceis, e eu de vidro.


Nem preciso mais do décimo nono andar
 para me quebrar novamente,
 qualquer queda ultimamente tem feito grandes estragos. 
Não sei o que me falta, se é motivação, se é fé,
 sei que enquanto caminho me perco.
 Perdido em meus silêncios, 
escrevo para amenizar a dor, 
a vida por mais bonita que seja parece não ser suficiente, 
estou exausto, mesmo assim continuo caminhando. 
Parar é desistir e desistir nunca foi saída,
 muito menos refúgio. 
Estou recolhendo meus cacos enquanto sangro.

Vitor Ávila

Lembro, constrangido, de alguns erros e maldades que cometi.


Com culpa, lembro de falhas que afetaram e marcaram a vida
 de outras pessoas, que eu amava e ainda amo.
 [...]
 Por causa das minhas experiências,
 perdoar sempre foi quase o mesmo
 que me olhar no espelho. 
Tento me colocar no lugar do outro 
e perceber que eu poderia, de fato, estar em seu lugar,
 cometendo erros semelhantes. 
Perdoar, para mim, é quase uma experiência de empatia.
Porque sou errante, perdoo. 
Porque sou imperfeito, não espero perfeição de ninguém. 
Porque sou falho dou segundas, terceiras e quartas chances. 
Porque sou fraco me identifico com quem chora. 
Porque repito erros que jurei nunca mais cometer,
 não culpo os reincidentes. 
Porque sou humano, 
não espero que meus semelhantes sejam deuses.

Lucas Lujan

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Quando dói em mim, eu deixo.


Deixo doer até a última gota de água salgada.
 Depois ela se vai. 
A dor não quer outra coisa 
que não seja exercer sua função: doer. 
E não é banalizando, 
embotando as emoções 
que ela vai deixar de surgir de tempos em tempos.
 Não sei como dói em você,
 mas por saber como dói a minha dor 
eu tento imaginar a sua: 
de tão abstrata incomoda fisicamente 
porque se humaniza em nós.
 E nos humaniza. 
Deixe doer o que for honesto.
 Deixe alagar seus olhos de chuva, 
escorrer pelo seu rosto e traçar caminhos sinuosos 
ou retas perfeitas como fazem os rios. 
[...]
 A dor quer que você adquira sabedoria 
experimentando a totalidade.

Marla de Queiroz

Você se foi...


E deixou um buraco enorme...
uma saudade que NUNCA passará...
se fiz o que pude??? não.
se existe culpa?...sempre...
não importa o que digam...
agora você está bem...
e está com o Pai de amor.

A morte te tomou de nós...


Mas Jesus a tomou da morte!
04/ 01/41 a 16/06/18